Sistemas de detecção | Saiba quais são e seus conceitos

Dispositivos

Com o objetivo de salvaguardar um estabelecimento e previnir incêndios, os sistemas de detecção são classificados em duas principais categorias: convencional e endereçável. Assim sendo, vamos conferir a seguir o conceito de cada categoria para melhor sabermos o mais adequado para cada ambiente.


Tipos de sistemas de detecção

Sistema convencional

O sistema convencional trata-se de uma categoria mais básica, no entanto, é a melhor opção para estabelecimentos menores por não necessitar de muitos dispositivos instalados. Geralmente, uma central de incêndio, detectores e/ou acionadores compõem esse sistema.

Responsável pela cobertura de um determinado setor, o sistema convencional permite que a central identifique apenas a área protegida. Contudo, não é identificado o dispositivo acionado, por isso a importância do tamanho do estabelecimento, para que a localização do ocorrido seja facilitada.

Além disso, esse sistema não possibilita que a central faça ajustes do nível de alarme dos dispositivos de detecção.

Sistema endereçável

A funcionalidade do sistema endereçável é a mesma do convencional, porém seu diferencial está na facilidade em localizar o dispositivo acionado. Os dispositivos integrados com a central, seja detector ou acionador, recebem um número de identificação conhecido como “endereço”, permitindo a identificação individual do equipamento.

O sistema endereçável também é responsável por determinados setores, mas assim que a central identifica uma ocorrência, ela identifica a área protegida e o dispositivo acionado. Como resultado, é um sistema indicado para todos os tamanhos de estabelecimentos, mas é válido ressaltar o custo-benefício do convencional para lugares menores.

Por fim, essa categoria é subdividida em duas classes, confira abaixo:

  • Classe A: o funcionamento do sistema não é interrompido, parcial ou totalmente, caso aconteça algum problema nos dispositivos, pois cada circuito possui uma fiação de retorno à central.
  • Classe B: o funcionamento do sistema poderá ser interrompido, parcial ou totalmente, se houver algum problema nos dispositivos, pois não há fiação de retorno à central.

Independente se for convencional ou endereçável, o sistema de detecção é de grande importância para as empresas, então não deixe de adquirir aqui os componentes para o SDAI (Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio).

Author avatar
Alana Santos